Terceiro dia.
Dia de "descanso".
Hoje demos uma parada no trabalho no mar para fazer o curso de sobrevivência no mar, que ao contrario do que se imagina, começa muito antes de abandonar a embarcação, ainda em terra. Começando pela escolha dos esquipamentos de segurança, do barco e pessoais, passando pelos procedimentos e, na minha opinião a mais importante, o comportamento e zelo pela segurança. E como disse o instrutor disse (com péssimo sotaque que até os ingleses não entendiam), para ser sobrevivente, não basta entrar na balsa salva-vidas (que não é nada fácil de tanta M que pode acontecer até a balsa)é preciso ser resgatado com vida. E toda a preparação tem muito impacto nisso.
Ainda relacionado a segurança, realizamos o safety check do barco, um check list de 12 páginas, que dividido em 5 grupos demoramos 3 horas pra finalizar. Nele está incluído checar todas as bombas de todos os tipos, seacocks, documentos, registros de inspeção, salva-vidas (todos revisados), luzes, salvatagem, manuais, etc. Tudo deve estar em seu lugar, que deve ser conhecido por todos, ordenado e funcionando ou pronto para uso. Um trabalho colossal. E essa é apenas uma das tarefas que devem ser realizadas antes de cada etapa da competição.
Ainda houve tempo para apresentar ao pessoal as paçoquinhas brasileiras, e adoraram. Pessoalmente , considero o alimento perfeito em barcos, principalmente nos momento de tempo ruim, onde cozinhar é difícil, pois devolve a energia rapidamente, de fácil consumo e digestão, e ainda contém alguma proteína.

Amanhã é gennaker pra cima e um machrace com o outro barco do Level 2. Não sei se vou ter energia pra escrever no final do dia, e se formos pra mar aberto, só terei contato com terra na quinta-feira. Once more, wish me luck!
Débora
9/5/2013 06:30:52 am

Boa sorte!!

Reply
Elder
10/5/2013 09:13:09 am

Se der traz me traz o livro de sail trimming.

Grande abraco.

Reply



Leave a Reply.